Páginas

14 de maio de 2009

Crônica de um sonho realizado

Pois é galera! No ano de 2007 realizamos o sonho de tocarmos no maior evento da JELB - o Congressão - que naquela ocasião ocorreu em Joinville. De lá pra cá nos apresentamos somente mais uma vez, para tocarmos 4 músicas na gravação do DVD Planeta Gospel, um marco para a JELB e também para o Sãos e Salvos.

A banda parecia estar parando com as atividades quando nitidamente percebemos as mãos de Deus colocando as peças do quebra-cabeça da nossa vida no lugar certo. Meu brother André recebeu chamado para Novo Hamburgo, CEL São Lucas. Pronto! A cozinha da banda estava quase totalmente reunida, faltando apenas o CDB nos vocais e o Heber.

Já cientes da nossa participação no Congressão de Caldas Novas não perdemos tempo e passamos a ensaiar. Nesse tempo tivemos uma triste baixa. Nosso grande amigo e co-formador da banda, o Heber, teve de pedir dispensa da banda, pois se via impossibilitado de participar dos eventos para os quais a banda estava sendo convidada. O primeiro foi o Planeta Gospel (em maio de 2008 e, por último, o Congressão de Caldas Novas, para o qual também não foi liberado por sua congregação Ebenézer, de São Paulo, para estar com a banda). Todos nos entristecemos com tal situação, mas admiramos muito a atitude do Heber, que em seu próprio detrimento, pensou no melhor para a banda.

Após o ocorrido com o Heber, a banda não poderia parar. Bola pra frente! Tocar nesse congresso já seria maravilhoso por si só. Mas novamente percebemos o cara lá de cima agindo. Quando o CDB veio com a seguinte pergunta: "o que vocês acham de abrirmos o show do Oficina G3 no congressão?" - confesso que todos na banda não deram muita atenção a essa pretensão utópica do nosso vocalista. Eu particularmente só acreditei quando vi na agenda do site oficial do Oficina que eles tocariam no dia 30 de janeiro em Caldas Novas. Assim, o que já seria maravilhoso, se tornou algo inimaginável por nós do Sãos e Salvos. Abrir um show da maior e mais bem sucedida banda de Rock Gospel do Brasil. No entanto, a empolgação inicial passou a ser também preocupação. Será que seríamos capazes? Estaríamos nós preparados para a apresentação mais importante da história do Sãos e Salvos? Será que iríamos soar como aquele conjunto que tínhamos quando estávamos todos em São Leopoldo, no seminário, ensaiando e se apresentando freqüentemente? É, o peso da responsabilidade foi sentido por todos nós. Ainda mais quando chegamos em Caldas e vimos e ouvimos a divulgação do show do Oficina incluindo: e mais banda Sãos e Salvos. Naquele momento a coisa toda começou a se materializar na nossa frente. O nosso sonho estava se tornando realidade.

Em Caldas Novas tivemos dois ensaios, isso mesmo, dois ensaios com o nosso vocalista CDB, que ainda teve que aprender duas novas músicas. Esses ensaios (vocês meninos sabem muito bem como foram conturbados!!) serviram e muito para nos dar tranqüilidade e segurança. Ensaiamos na quarta e na quinta-feira de tarde. Na sexta-feira era o grande dia. Quando entrei no local em que iríamos tocar e vi toda aquela estrutura profissional montada, confesso que já não estava tão seguro. Ver aqueles Marshall JCM900 me deram um arrepio e uma dor de barriga lascada. Ao mesmo tempo estávamos maravilhados em tocar em um equipamento tão bom, certos de que o som iria estar ótimo, bastava fazermos a nossa parte.

E foi o que fizemos. Tocamos, louvamos, pulamos, agitamos junto com aquela galera maravilhosa de sempre (vocês sabem quem são). Mostramos um “q” de falta de ensaios, mas tudo aconteceu de forma maravilhosa. Pudemos fazer aquilo que mais gostamos: cantar a mensagem da Palavra de Deus através do Rock’n’roll. E como foi bom!

Ao fim de tudo isso você deve estar se perguntando: onde esse cara quer chegar? Respondo: não quero chegar a lugar nenhum, apenas deixar registrado em forma de crônica a realização de mais um sonho da banda Sãos e Salvos e, através disso, mostrar como temos um Deus maravilhoso, que é dono do nosso destino, que nos capacita em meio às dificuldades, que nos tranqüiliza nos momentos de tensão e, acima de tudo, que nos torna instrumentos capazes para sermos suas testemunhas no mundo.

Filipe Schneider - Guitarrista

11 comentários:

Anônimo disse...

Ola galera...
estive no show de abertura do Oficina, vendo essa gurisada tocando, e como foi dito "materializando" um sonho.
Parabens, vcs merecem.
Felipi parabens pela cronico, conseguiu expressar a espectativa e ansiedade de vcs em Caldas Novas.

Marcelo - Novo Hamburgo

Filipe disse...

Valeu Marcelo!
Obrigado! A intenção era justamente essa.

diegho disse...

Parabéns meus irmãos por todo sucesso até hoje! Ele é totalmente merecido, pois, vcs reunem, entre outras, amor, dedicação, fé e muito talento. Espero ouvir sempre, a cada vez mais, a respeito dessa banda, até porque me sinto parte dela.
Que Deus siga iluminando os seus passos e realizando muitos e muitos sonhos ainda.
Podem contar comigo sempre.

Diegho

Rev. Marcos disse...

Acompanho a banda desde seu inicio... e se estão gravando o 3° Cd é pq tem sido um trabalho abençoado por Deus! Parabens Sãos e Salvos! Vcs não só merecem abrir muitos shows de bandas famosas, como também ser uma banda famosa! Pra mim já são! São mais que vencedores porque tem um objetivo, digno, justo e verdadeiro que é levar Cristo para todos! Deus abençoe! E viva aos luteranos metaleiros!

Diego disse...

Filipe, lembro de vc e o André tocando "Naves Imperiais" aqui na igreja de Vila Velha, a uns 10 anos atrás.. Oficina G3 era uma banda que vc almejava.. E Deus lhe deu a oportunidade de abrir um show deles! Estou muito feliz por vcs e espero que Deus continue abençoando-os para que continuem levando a palavra dEle através da música.. Um grande abraço..

Diego Küster - Vila Velha, ES

Nagle disse...

Nossa Diego já fazem 10 anos!!! Como o tempo passa rápido. Estávamos começando e realmente tudo o que queríamos era tocar músicas do Ofina na igreja. Nós achávamos o máximo. Coitado dos vovôs. Hehehehe. Abração Diego. André Schneider

andreluisschneider disse...

Fui em quem disse....
Hehehe

Isabel disse...

Realmente foi tudo de bom esse show que vcs fizeram. Teve até galera que ficou pro show de vcs e qdo começou do Oficina, foram embora. Inacreditável né? Mas aconteceu.
Quem não foi perdeu!
Torço por vcs.
Beijos, saudades, Bel Blum.

rdm disse...

Parabéns para vocês! Lembro quando entrei no Seminário e me tornei um grande fã da banda, não por menos, realmente fazem um Som Massa pra caramba. Mas o resultado disso que é interessante, queria vê-los tocando na cidade que morava! Procurei as fontes e vi que era possível, aluguei um micro e fomos com 27 pessoas para Pelotas, mas havia um porém, era numa data de evento também no Seminário. "Matamos" o evento e fomos.Tenho certeza que valeu a pena. Parabéns Sãos e Salvos, que Deus continue a abençoar o trabalho de vocês levando a mensagem da salvação e concedendo muito sucesso.

andreluisschneider disse...

É vc Régis????
Pelotas realmente foi d+. A nossa apresentação superou e muito a nossa expectativa. A platéia estava numa empolgação que poucas vezes presenciei. E sem contar, fomos campeões depois do maior torneio de futsal do mundo. É muita alegria para um final de semana só.... Hehehehehehe
Abração

rdm disse...

kkkkk, flow velho, sou eu (Régis) sim. Espero que tenha sido algo bacana pra vida de vcs, nada como um congressão, mas uma realidade diferente.
Desejo que possam cada vez fazer mais sucesso e um dia levar vocês pra shows de maior proporção. Abraços.